Missão e valores

Amizade e cooperação entre os povos

Ao longo da história, Marvão foi sempre uma terra em que diferentes culturas, religiões e populações se cruzaram; com uma presença importante no período Neolítico, Marvão viu também passar por suas terras os Celtas, os Romanos, os Mouros e os Judeus durante o seu êxodo de Espanha. Essa dinâmica conjunta é um dos pilares deste FIMM. Pretende dar-se continuidade à tradição desses princípios, trazendo-os ao evento e transformando-os na base da sua missão – “a amizade e a colaboração entre os diferentes povos”.

Qualidade

Músicos do mais alto nível artístico marcaram presença nas edições anteriores. A Orquestra da Gulbenkian e os músicos de mérito vindos dos quatro cantos do planeta, em uníssono, ultrapassaram todas as expectativas dos espectadores colocando o FIMM nos roteiros europeus de festivais de Verão de música clássica. A qualidade tornou-se assim outro dos nossos valores principais, e é ela que se impõe para fazer deste festival uma referência no panorama da música clássica em Portugal e do mundo. Através de um programa criterioso e da selecção de músicos ímpares, queremos atrair amantes de música clássica, da Europa e do mundo, e, ao mesmo tempo, ser uma de porta de entrada a novo público, às famílias e aos jovens, dando o nosso contributo e as melhores referências para a educação musical de uma nova geração. Qualidade será sempre uma condição fundamental nos próximos eventos.

"A música é uma expressão de amor que nos liga aos céus e entre nós.
Que possamos todos comunicar neste estado de espírito, neste lugar mágico!"

CHRISTOPH POPPEN
Diretor artístico do FIMM

Um festival para todos

Queremos um festival que vá além de um mero entretenimento só para alguns. Para isso, com arte e talento, é possível procurar ligar vários estilos musicais, em belíssima sintonia. Por exemplo, a música clássica pode unir-se ao fado, bem português, à música espiritual improvisada, acompanhar as artes visuais, a dança, ou tantas outras formas de expressão artística passíveis de se lhe associar. A criatividade é infinita. Na infinidade dessas possibilidades e, pelas suas características, público e artistas, o festival abre-se, assim, a novas experiências e a um convívio informal, muito mais pessoal, que lhe conferem uma aura emocional realmente única.

Preservação da identidade e património cultural, arquitectónico e natural da região

Ao realizarmos um festival com tais características no interior do País, queremos mostrar ao mundo que Portugal é bem mais do que Lisboa, Porto e Algarve, que há tanto para sentir e descobrir, que o território guarda locais cheios tradição e cultura que devemos manter a todo o custo, porque são a nossa identidade. Ao tornar o Festival Internacional de Música de Marvão numa referência, estamos a dignificar, a enriquecer e a manter viva toda uma região. Porque contribuirá para o crescimento e para a prosperidade, de forma sustentável como se deseja.

Notícias do FIMM

Maio 22, 2017
O turismo musical em zonas rurais está no auge e Marvão faz parte da rota.
Ler mais
Maio 11, 2017
A cerimónia de entrega dos prémios realizou-se no dia 7 de Maio.
Ler mais

Comprar bilhetes FIMM 2017

Fim de semana
de abertura

130€
21, 22, 23 de Julho.
Comprar
Fim de semana
de encerramento

100€
28, 29, 30 de Julho.
Comprar
Passe de 10 dias
295€
Comprar
Outros bilhetes

Comprar